MANUTENÇÃO PREVENTIVA




Manutenção preventiva do ar-condicionado: por que ela é importante?


Você só costuma pensar na manutenção preventiva do ar condicionado quando ele começa a apresentar problemas como mau cheiro, pinga-pinga ou baixo resfriamento? Ou acha que não precisa fazer manutenção no inverno se não usa a função quente? Então está na hora de mudar de atitude: a manutenção preventiva do ar-condicionado – prática que vai além da limpeza dos filtros feita a cada quinze dias, deve ser realizada no mínimo a cada seis meses por um técnico credenciado da marca.

Entenda quais os benefícios da manutenção preventiva do ar-condicionado.

Prevenção de panes
Como o ar-condicionado fica em ambiente fechado, está exposto ao acúmulo de poeira que pode obstruir os filtros, as turbinas e as serpentinas diminuindo a eficácia da máquina. A manutenção preventiva do ar-condicionado previne esses problemas. Prevenção da saúde

A poeira acumulada no aparelho volta para o ar a medida em que o condicionador é usado. Ela pode conter fungos, bactérias e outros poluentes causando problemas alérgicos, além de dores de cabeça e pele ressecada. Maior tempo de vida do aparelho

Além do acúmulo de poeira que diminui a vida útil do ar-condicionado, os aparelhos sem manutenção – independentemente de estarem sendo usados com frequência ou não, podem gerar enferrujamento e corrosão das peças, principalmente em cidades litorâneas. Economia

Quando o ar-condicionado está sujo, ele acaba forçando mais seu compressor para esfriar o ambiente e isso gera maior gastos de energia.

Além disso, a manutenção preventiva do ar-condicionado impede que você tenha gastos exorbitantes ao se deparar com um problema maior do que o esperado em seu aparelho. É melhor gastar menos com prevenção do que mais com um conserto, certo?

Pense nisso, sua saúde e seu bolso agradecem.